SANFRA 2020

Em 2016, a Rede Jesuíta de Educação (RJE) lançou diretrizes para o apostolado da educação jesuíta no Brasil através do Projeto Educativo Comum (PEC).


O PEC trouxe a necessidade de uma revisão na Proposta Pedagógica dos Colégios, com a definição das condições necessárias à sua implementação.


Em resposta aos desafios existentes e buscando continuadamente a renovação para continuarem inovando, o Colégio São Francisco Xavier - Rede Jesuíta de Educação lançou o Projeto SANFRA2020.


O SANFRA 2020 promoverá a renovação e inovação dos processos pedagógicos em curso e o desenvolvimento institucional na gestão de pessoas, como também a adequação, renovação e inovação da estrutura física do Colégio, buscando o melhor da excelência em Educação.


Quem assina o projeto arquitetônico é a Paulo Lisboa Arquitetura, e a proposta foi trazer a arquitetura como plataforma de interface de educação, comunicação e informação, onde os próprios alunos serão os protagonistas.


A obra terá 6 fases:

1ª FASE

Educação Infantil – Março/2019

2ª e 3ª FASES

Salas e Áreas Comuns – Dezembro/2019

3ª e 4ª FASES

Serviços e Quadras – Março/2020

5ª e 6ª FASES

Serviços e Restaurante – Julho/2020


Previsão de término, portanto, em julho de 2020 e, toda a área interna de pátios, complexo poliesportivo, ambientes de salas de estudo, laboratórios e áreas de de convivência passarão por uma transformação, cuja proposta o tornará referência em inovação arquitetônica no segmento, na região. Mais detalhes em http://sanfra.g12.br/sanfra2020 .


O Colégio São Francisco Xavier - Rede Jesuíta de Educação foi fundado em 1928 e era inicialmente chamado de "Collegio Catholico Japonês São Francisco Xavier" e fica localizado no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Foi criado pelo Padre italiano, Guido del Toro, nascido na Toscana, em Monte Pulciano, em 1876.


A instituição foi criada pelo Padre com o intuito de receber os imigrantes japoneses e seus descendentes e dedicar-se a evangelização destes.


Inicialmente construído no bairro da liberdade, o colégio foi transferido para um terreno no Ipiranga, doado pelo Conde José Vicente de Azevedo, em 1931, quando foi fundado o prédio onde permanece a instituição até hoje Localizado na Rua Vicente da Costa, 39 - Ipiranga – São Paulo, SP.


Tombado no dia 8 de maio 2007 pela Concresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo), está incluído em um conjunto de 12 edificações remanescentes dos antigos institutos assistenciais e de ensino do bairro do Ipiranga, considerados pelo Concresp patrimônios históricos.


Essas edificações são protegidas pela lei contra qualquer tipo de depredação, tendo em vista seus valores na história, arquitetônico e paisagístico.