São Paulo tem novas diretrizes para licenciamento ambiental

São Paulo tem novas diretrizes para licenciamento ambiental

"O secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, Eduardo de Castro, baixou em 13 de julho uma relevante determinação para regulamentar o licenciamento ambiental na capital paulista. As mudanças efetuadas visam agilizar e padronizar os procedimentos do manejo ambiental de empreendimentos imobiliários, reformas, obras de infraestrutura e intervenções em Áreas de Preservação Permanente (APPs) em São Paulo.


O documento foi publicado do Diário Oficial da Cidade de 13 de julho, sob a denominação de Diretrizes para Orientar a Autuação de Pedido, Análise, Autorização de Manejo Arbóreo, Intervenção em Área de Preservação Permanente e Acompanhamento de Termo de Compromisso Ambiental.


As diretrizes estabelecem orientações detalhadas para o atendimento da Portaria 130/13 e devem ser estudadas e aplicadas com a máxima atenção, segundo Yorki Estefan, do Comitê de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, que tem acompanhado de perto o assunto. O documento também foi elaborado com vistas à futura migração dos pedidos de análise para meio eletrônico.


Entre outros aspectos no tocante aos pedidos de licenciamento, as diretrizes determinam quais documentos devem ser apresentados em papel e quais em meio eletrônico; o que o Depave deve levar em conta na análise dos pedidos; como levar em consideração a questão da necessidade de permeabilidade do solo na confecção dos projetos; os cuidados a serem tomados em intervenções em APPs; os procedimentos a serem observados nas vistorias, e nos comunicados.


Destaque também para as diretrizes em relação ao manejo arbóreo: plantio, compensação, cálculos , manutenção e densidade. Há também determinações em relação a áreas permeáveis e mitigação, bem como no tocante a Termo de Compromisso Ambiental, fiscalização e acompanhamento da compensação."


Gostou da notícia? Compartilhe a informação.


MAIS LIDAS

VEJA COMO A CERTIFICAÇÃO LEED FUNCIONA

PESQUISADORES DE HARVARD LISTAM 9 FATORES QUE TORNAM UM EDIFÍCIO BOM PARA A SAÚDE DOS USUÁRIOS

O FUTURO DA INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL - PREPAREM-SE, ENGENHEIROS

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA ATINGE MARCA HISTÓRICA 

DOX GANHA DESTAQUE E LEVA O PRÊMIO DE EXCELÊNCIA BIM SINDUSCON-SP 2017

WORKSHOP BIM PARA INSTALADORAS

7 BOAS PRÁTICAS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO

COM AS TECNOLOGIAS RV, RA e RM, SERES HUMANOS E MÁQUINAS SE UNIRÃO NA FORÇA DE TRABALHO

ANÁLISE DE TENDÊNCIAS EM MARCOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

RESIDENCIAL DAMHA IV PRESIDENTE PRUDENTE

EDIFÍCIO ALAMEDA SANTOS E SEUS DESAFIOS DE TERRENO E LOGÍSTICA

6 FERRAMENTAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS QUE VOCÊ DEVE CONHECER

SOFT SKILLS - 8 HABILIDADES DO GP PERFEITO

DOX GANHA DESTAQUE EM MÍDIA ESPECIALIZADA EM SHOPPING CENTERS

DOX APRESENTA CASE VENCEDOR DO PRÊMIO EXCELÊNCIA BIM SINDUSCON-SP NO ROAD SHOW BIM EM PORTO ALEGRE



Repost SindusCon-SP

Autor: Rafael Marko, para SindusCon-SP, em 13/07/2018.

Imagem: Divulgação