Arranha-céus são conectados por uma ponte suspensa ao ar livre

Arranha-céus são conectados por uma ponte suspensa ao ar livre

Daqueles projetos que fazem a gente até prender a respiração: dois arranha-céus enormes conectados por uma ponte suspensa ao ar livre.


A obra foi encomendada ao estúdio de arquitetura britânico Foster + Partners pela DJI, fabricante de drones em Shenzhen, na China. Batizado de DJI Sky City, o projeto consiste em dois edifícios de 200 metros de altura com uma ponte de 90 metros de comprimento, localizada na metade da estrutura, a 105 metros acima do solo. A ideia é usar a ponte para mostrar a mais recente tecnologia de drones da empresa.


Os arranha-céus abrigam a sede e o centro da inovação da empresa de robótica, contendo espaços interiores sem colunas para os laboratórios de testes de voo de drones. Outras soluções que vale a pena destacar são a organização das placas de piso de forma a maximizar a luz do dia nos ambientes internos e a presença de jardins na cobertura, com áreas ao ar livre para os funcionários. 


Modernidade, sustentabilidade e bem-estar são os três pilares dessa obra. Adoramos!


Foto: DJI