10 inovações na construção civil para ficar de olho em 2018

10 inovações na construção civil para ficar de olho em 2018

Diretamente à lista das Top 10:


1. Realidade aumentada

A tecnologia chegou de vez ao ramo da construção civil, tanto que várias inovações que traremos neste conteúdo passarão pelo tema. Um dos destaques é a realidade aumentada que permite as pessoas “caminharem” ao longo de ambientes 3D, sendo muito interessante, por exemplo, na hora de mostrar os projetos arquitetônicos aos clientes – criando uma experiência totalmente única.

Já é possível encontrar vários aplicativos e softwares de realidade aumentada projetados exclusivamente para a construção civil, sendo que alguns permitem o engenheiro interagir com objetos e componentes de construção diretamente por meio da tela do smartphone, com ações como medição e cálculo do nivelamento de superfícies.


2. Internet das coisas

Outro avanço tecnológico que também promete revolucionar a construção civil. A internet das coisas (IoT) se utiliza da internet para gerenciar objetos e equipamentos, tanto na indústria como no nosso dia a dia.

Em uma casa tecnológica, por exemplo, a IoT pode ser usada para controlar remotamente ou automaticamente as lâmpadas, os aparelhos de som e até os eletrodomésticos, ajudando a economizar energia e ainda trazendo mais praticidade aos moradores.

Na construção civil, essa tecnologia pode ser empregada nos equipamentos, permitindo a gestão inteligente dos canteiros de obras e a execução estratégica de vários tipos de serviços, aumentando a segurança, encurtando prazos e até ajudando a prever possíveis problemas.


3. Cidades inteligentes

Também chamadas de “smart cities”, consistem em áreas urbanas nas quais existem integrações de informações referentes à infraestrutura e os recursos, proporcionando uma gestão mais eficiente.

Para que essa ideia funcione é fundamental o uso de sistemas de informática na coleta e análise de dados e também o uso de tecnologia nas construções. Assim, é preciso que as estruturas da cidade contem com sistemas de eficiência energética, construção de sistemas multimodais de transporte e uma infraestrutura que permita a eficiência na distribuição de energia, de água e também de telecomunicações.


4. Projetos sustentáveis

Se as cidades inteligentes parecem inovações na construção civil muito distantes da sua realidade, os projetos sustentáveis, por outro lado, surgem como opções cada vez mais buscadas.

Eficiência energética, tratamento de resíduos, uso sustentável dos recursos naturais e métodos construtivos mais enxutos fazem parte desses projetos e ajudam a viabilizar a sustentabilidade nas obras.

Entre os itens que estão em crescimento podemos citar os tijolos inteligentes, que são estruturas modulares e ecológicas. Além disso apresentam outras vantagens como custo reduzido e possibilidade de serem produzidos com materiais reciclados.


5. Softwares de gestão

Novamente, a tecnologia tem aparecido com força no ramo da construção civil e os softwares de gestão também devem estar em alta nesse ano, ajudando todos os envolvidos com as obras.

A introdução dos dispositivos móveis na rotina dos canteiros de obras deve ser mais intenso nos próximos anos. Isso permitirá uma coleta maior de dados, além de ajudar no controle das variáveis e ainda a reduzir as falhas e os desperdícios e aumentar a segurança em relação aos dados e variáveis de qualquer construção.


6. Construção enxuta

Esse tipo de construção é baseada no conceito “just in time”, muito aplicado em outros ramos da indústria. O conceito diz que nada deve ser destinado à produção, transportado e até comprado sem que se defina o momento ideal para essas ações.

Também fazem parte da construção enxuta: o controle do ritmo da produção, o monitoramento de todos os procedimentos visando um trabalho mais eficiente e o corte daqueles processos que não trazem benefícios reais às obras.


7. Educação à distância

A falta de qualificação da mão de obra é um problema bem conhecido no ramo da construção civil. Mas essa realidade tende a mudar, graças a educação à distância, uma das inovações na construção civil que deve ter grande impacto nos canteiros de obras.

A expectativa é que a EAD ajude a melhorar a qualificação em todos os ramos da construção civil, auxiliando a preparar melhor  tanto os profissionais que atuam diretamente na obra, como aqueles que projetam e idealizam os conceitos.


8. Machine Learning

Muito próximo do conceito de Inteligência Artificial, o Machine Learning, ou computação cognitiva, se baseia na capacidade dos computadores de aprenderem e pensarem de forma bem semelhante aos seres humanos.

Embora os computadores já possam realizar uma série de atividades complexas, nem todos ainda podem aprender com informações e experiências anteriores – e é esse o diferencial do machine learning.

No setor da construção civil, a aplicabilidade dessa tecnologia são várias. Na área da segurança, por exemplo, já é possível que os profissionais façam inspeções digitais, coletando dados visuais dos canteiros de obras e analisando esses dados de maneira inteligente, oferecendo insights sobre segurança e até sobre uso de equipamentos. Isso tudo sem que o profissional tenha de se deslocar até o campo.


9. Drones

Os drones não são novidade – e já têm sido utilizados em alguns setores da construção civil. Mas a tendência é que eles passem a ser ainda mais importantes, afinal a expectativa é que o preço dessa tecnologia diminua, principalmente com a chegada de novos modelos e fabricantes.

Com os drones, é possível inspecionar os canteiros de obra de maneira muito mais eficiente e rápida, até mesmo em locais difíceis de serem visualizados e acessados. No Brasil, algumas construtoras já estão usando essa tecnologia para realizar inspeções e registros fotográficos das suas obras.


10. Gestão móvel de projetos

A mobilidade não é exatamente uma das inovações na construção civil, afinal já tem sido usada com sucesso há anos. Porém, ela começa a se tornar cada vez mais obrigatória, permitindo um controle melhor das informações, independentemente do ambiente.

A gestão móvel consegue eliminar papéis e otimizar os processos, reduzindo as burocracias e ajudando a economizar tempo e recursos, já que muitas situações podem ser resolvidas de forma mais rápida e até o controle da execução das tarefas é mais presente e efetivo.

Como você viu, existem muitas inovações na construção civil que prometem modificar o setor nesse ano. Você gostou deste conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário pra gente!


Gostou da notícia? Compartilhe esse conhecimento com quem você se importa!




M A I S   L I D A S


5 TENDÊNCIAS EM ENERGIA RENOVÁVEL PARA FICAR DE OLHO

A IMPORTÂNCIA DE UM BOM GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

5 MOTIVOS PARA UTILIZAR O BIM NO PLANEJAMENTO DE OBRAS

VEJA COMO A CERTIFICAÇÃO LEED FUNCIONA

PESQUISADORES DE HARVARD LISTAM 9 FATORES QUE TORNAM UM EDIFÍCIO BOM PARA A SAÚDE DOS USUÁRIOS

O FUTURO DA INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL - PREPAREM-SE, ENGENHEIROS

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA ATINGE MARCA HISTÓRICA 

DOX GANHA DESTAQUE E LEVA O PRÊMIO DE EXCELÊNCIA BIM SINDUSCON-SP 2017

WORKSHOP BIM PARA INSTALADORAS

7 BOAS PRÁTICAS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO

COM AS TECNOLOGIAS RV, RA e RM, SERES HUMANOS E MÁQUINAS SE UNIRÃO NA FORÇA DE TRABALHO

ANÁLISE DE TENDÊNCIAS EM MARCOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

RESIDENCIAL DAMHA IV PRESIDENTE PRUDENTE

EDIFÍCIO ALAMEDA SANTOS E SEUS DESAFIOS DE TERRENO E LOGÍSTICA

6 FERRAMENTAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS QUE VOCÊ DEVE CONHECER

SOFT SKILLS - 8 HABILIDADES DO GP PERFEITO

DOX GANHA DESTAQUE EM MÍDIA ESPECIALIZADA EM SHOPPING CENTERS

DOX APRESENTA CASE VENCEDOR DO PRÊMIO EXCELÊNCIA BIM SINDUSCON-SP NO ROAD SHOW BIM EM PORTO ALEGRE




Autor: Noventa TI, em 22/06/2018.

Imagem: Reprodução/Divulgação.